quarta-feira, 11 de março de 2009

Filhos


Ela: está numa fase terrível, tão depressa quer ser crescida como tem comportamento de bebé e o feitio, se nós deixássemos talvez nos batesse de tanta frustração que sente por vezes, estes últimos dias não tem sido fácil lidar com ela...espero que seja uma fase...
Ele: depois da falta de apetite provocada pela doença parece querer recuperar da privação em que se encontrava e está numa de devora tudo o que lhe aparece pela frente, espero que já esteja na recta final pois até faz impressão como é que consegue devorara tanta comida. Fui hoje buscar as análises dele, felizmente deu tudo negativo o que confirma que este capítulo está definitivamente encerrado. Esta doença trouxe coisas boas e más. As boas é que nunca mais esteve ranhoso...talvez o tempo tenha tido também alguma influência... as más, agora sempre que estou de serviço e ele dorme com o Pai e a irmã faz chichi na cama, não consigo perceber o porquê desta regressão...vamos esperar para ver como evolui.
Enviar um comentário